Arábia Sáudita

11 06 2009

A Arábia Saudita é o maior país da península Arábica, e ocupa o 2º lugar na classificação dos países que sofrem perseguição.

Bandeira+da+Ar%C3%A1bia+Saudita

O país é cercado pelo Mar Vermelho e a sua economia é feita basicamente pela extração de petróleo. Após a irrigação do solo tronou-se grande produtor de tâmara, tomate, melancia, cevada, uva, pepino, abóbora, beringela, batata, cenoura e cebola.

Um dos maiores acontecimentos do país foi o nascimento de Maomé, que fundou o Islã. No país se encontram dois dos locais mais sagrados da religião, a Meca e a Medina. Foi na Arábia Sáudita que o Alcorão foi revelado pelo profeta Maomé.

A imprensa é totalmente controlada pelo Governo, os jornais só são criados por decreto real, não há estações de rádio e de TV nacionais, apenas via satélite e sistemas de segurança estão sendo usados cada vez mais para bloquear o uso da internet no país.

Após o islamismo ter tomado o poder na Arábia Saudita todos os cristãos foram expulsos e nenhuma missão cristã pode entrar no país. Hoje existem minorias convertidas no país que vivem em total anonimato, temendo assassinatos e prisões, o que dificulta a contagem exata dos cristãos existentes.

Não há liberdade religiosa no país, o governo afirma proteger o direito de culto para todas as religiões mas, na prática, esse direito não existe. A lei islâmica obriga que todos os cidadãos sejam muçulmanos e a conversão para outras religiões é punida com a morte.

Os estrangeiros podem cultuar em particular, mas se forem pegos são deportados e, em alguns casos, são punidos com açoites antes de voltarem ao país de origem. A publicação de material cristão é proibida e as correspondências e carregamentos são sempre abertos pela polícia, que procura material contrabandeado, como Bíblias e fitas de vídeo.

Não se pode evangelizar publicamente, e há informações de que espiões do governo se infiltram entre os nativos convertidos para os entregarem, tudo isso dificulta a disseminação do evangelho em todo o território saudita.

Clamemos ao Senhor pelos missionários que estão na Arábia Saudita escondidos, tentando levar o evangelho a toda criatura. Que estratégias sejam dadas por Deus para que driblem toda a repressão e controle exercido pelos governantes daquele país.





Blogueiro cristão solto na Arábia Saudita

28 04 2009

Graça e paz amados,

 

Hamoud Saleh Al-Amri, que tinha sido preso dia 13 de janeiro de 2009, na Arábia Saudita, por colocar em seu blog a decisão de servir a Cristo e não mais a religião que predomina em seu país foi solto dia 28 de março de 2009.

 

Após sua prisão o seu blog foi bloqueado pelo Google e pelas autoridades governamentais da Arábia Saudita alegando violação na prestação de serviço.

Levando em consideração que a pena de morte por negar o islã ainda está em vigor, a notícia da sua liberdade pegou muita gente de surpresa, por que a Arábia Saudita tem um regime muito fechado, mas nós, que servimos a um Deus Todo Poderoso, não nos sentimos surpresos, pois sabemos que na mais alta montanha ou no mais profundo vale o Senhor estará conosco, nos fortalecendo e confortando e nos capacitando para passar pelas provações desse mundo.

 

Que nós possamos usar esse irmão como exemplo, por que mesmo sabendo das possíveis conseqüências que teria ao colocar em seu blog a decisão mais importante da sua vida ele não se importou e declarou sua fé em Cristo.

 

Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.” JOÃO 16:33








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.